Avançar para o conteúdo principal

O motivo

Ninguém encerra um blog só porque sim, pelo menos eu não.
A verdade é que existe um motivo muito forte e nem sei bem como vos contar, mas certamente poderá vir a abrir os olhos a alguém.
Ninguém sabia da existência do outro blog, só uma pessoa: ele. Como podem reparar o motivo é ele.
Acreditamos que as coisas só acontecem aos outros, "coitados", até que abrimos os olhos e nós somos um dos "coitados".
No meio da desgraça, ainda posso dizer que tive muita sorte, pois nunca me chegou a agredir. Porém, nem sei, nem quero pensar se dói mais isso ou a agressão psicológica, mas posso garantir que dói muito a última. Exacto, nos últimos meses, até ontem, é o que me tem acontecido.
Perdi-me e achei o que sentia era amor e que era recíproco, todavia hoje sei que isso não era amor e que eu deixava arrastar as coisas por pena, talvez, por conforto ou medo. A verdade é que me afastei de tudo e de todos e não podia sair sem ele. Mesmo assim, anulando-me, para ele era sempre a culpada, a que o traía, que olhava para outros homens e afins, acho que a mente já se encarregou de apagar alguns momentos e palavras.
Ontem, tive a confirmação que me seguia e que mexia nas minhas coisas. Ontem acordei e coloquei um ponto final. Agora só me resta o medo do que ele, eventualmente, me possa fazer.
Tentei ir à esquadra, um próprio polícia aconselhou-me a ir, mas o Sr. Agente disse que a lei referente à violência doméstica até ontem só enquadrava as pessoas em matrimónio ou que vivessem juntos e que apenas hoje é que ia abranger namorados e que, portanto, só podia apresentar queixa por injurias. Infelizmente, o mesmo polícia que me aconselhou disse que estava errado e, de facto, a 1ª esquadra a que me dirigi aceitavam a queixa como violência doméstica, mas que mesmo assim era melhor ir à da minha área e deu nisto.
Hoje estou com uma depressão, algo que nunca pensei vir a sofrer, pois sempre fui uma pessoa alegre, cheia de vida; hoje e há vários meses, sinto que perdi a minha identidade, sinto que ma roubaram. Sinto-me estúpida/burra por me ter sujeitado a tanto. Porém, hoje, sinto-me aliviada por ter posto um ponto final na relação que não era relação, embora tenha medo que ele ainda me procure, sei que não me pode tocar, nem ofender mais e sei que com o tempo e com ajuda eu vou aparecer de novo e mais forte.
Agora é tempo de olhar por mim e pensar só em mim.

Desculpem o testamento, mas pode ter sido uma ajuda para quem está numa situação semelhante e, acima de tudo, é um desabafo. 

Comentários

  1. Só o facto de teres colocado um ponto final já foi uma grande e importante atitude...tens que te manter firme e vais ver que vais voltar a reencontrar a pessoa que em tempos foste...desejo-te muita força e vai escrevo,desabafar ajuda sempre,quanto mais não seja organiza as ideias :)

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  2. Espero que recomeces da melhor maneira :)
    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Se precisares de falar estou aqui* Muita força!

    ResponderEliminar
  4. Fico feliz por teres posto um ponto final a essa situação que te roubou parte da vida. Espero que a partir de hoje a tua vida ganhe um novo rumo e que se abram muitas portas para um futuro melhor :)

    ResponderEliminar
  5. Que horror!!! Espero sinceramente que te encontres rápido e voltes a ser quem eras ou quem sabe até mais feliz!

    Comecei o meu blog ontem, não pelos mesmos motivos mas uma coisa é certa, vou seguir o teu todos os dias! :)

    Beijinho e muitaaa força!

    ResponderEliminar
  6. Só te posso desejar que tudo corra bem :)

    ResponderEliminar
  7. Aproveita e usa o blogue para desabafar, para dizer o que te vai na alma. Força.

    ResponderEliminar
  8. Até hoje nunca sofri na pele nenhum tipo de violência doméstica (física ou emocional) e ainda bem, porque o que descreves é de fazer uma pessoa engolir em seco!
    Ainda bem que te encontraste e agora é um novo início sem ele... quanto a ele que siga a sua vida e te deixe em paz.

    ResponderEliminar
  9. Assim sendo, que seja um bom recomeço. ;)

    Força!

    ResponderEliminar
  10. E nós estamos aqui para te apoiar!

    Muita força querida*

    ResponderEliminar
  11. Agora é olhar em fente e viver a TUA vida! Tiveste muito força em decidir acabar com o sofrimento e agora é um dia de cada vez a recuperar o que foi perdido. Vais conseguir!

    Não sei qual era o outro blog mas este vou seguir! Beijinho ***

    ResponderEliminar
  12. ah, não tinha percebido que eras tu há pouco quando entrei...

    esses casos são muito complicados, fizeste bem em ser forte e colocar um ponto final nisso! espero que tudo corra bem :)!

    e é muito bom olhares para ti e lutares por ti.

    beijinho

    ResponderEliminar
  13. Estava à espera de encontrar por aqui todo o tipo de textos menos esse que publicaste.
    Apesar de não te conhecer de parte nenhuma, e desculpa lá a invasão, deixa-me dizer-te que fico muito feliz por teres conseguido escapar às garras de uma "relação" assim. Quem me dera que todas as mulheres tivessem, um dia, essa coragem imensa e pôr um ponto final à situação.
    Vais ver que, tal como disseste, com o tempo e com o apoio certo, conseguirás recuperar a tua identidade e renascer das cinzas numa mulher mais forte e independente, que não deixará que tal se volte a repetir na sua vida :)

    Força, e um grande abraço`**

    ResponderEliminar
  14. E fizeste tu muito bem em sair dessa relação! A coisa podia piorar e além de todos os transtornos psicológicos ele poderia passar para a agressão :/ Homens assim querem-se ao longe, bem longe! Força querida, força para esta nova fase, tu vais conseguir ultrapassar isto tudo :) Mereces bem melhor, lembra-te disso ^.^
    R: Ainda não experimentei o gel de banho, mas quanto ao creme não tenho queixa, gosto do cheiro e da sensação na pele. Mas porque não pedes umas amostras para formares uma opinião? :)

    ResponderEliminar
  15. Tiveste muita coragem, força que há-de tudo correr bem. beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Nunca pensei que pudesse ter sido este o motivo de encerramento do blog. Penso que tiveste a melhor atitude possível, agora é recomeçar do zero e encaminhar tudo para uma direcção boa e cheia de alegria novamente!

    ResponderEliminar
  17. Espero que daqui para a frente tudo corra pelo melhor :) Beijinho e força

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Porque o vosso comentário vale mil sorrisos!

Mensagens populares deste blogue

Novidade Fresquinha e um Bom Fim-de-semana!

E a novidade é que arranjei trabalho. Não o que queria, mas para já é melhor do que estar em casa.  Continua a ser em shopping, porém um pouquinho melhor de onde estava anteriormente. Ao menos tenho um fim-de-semana por mês, onde aquecer o almoço/jantar e sem horários estranhos de duas horas de pausa e mais de 10h enfiada no trabalho.
Agora é continuar a procurar algo ainda melhor e em Setembro regressar aos estudos.
Um bom fim-de-semana!

Desempregada!

E a partir de hoje, estou oficialmente desempregada, sem saber como ocupar o tempo e com receio da rejeição e de se tornar uma situação a longo prazo.
No outro dia, quando fui tomar café com a minha melhor amiga, que está na mesma situação, ela alertou-me que vai haver dias bastantes complicados, em que colocamos tudo em causa, porque recebemos rejeições ou nem sequer somos contactadas para entrevistas.
Antes de ficar desempregada, já andava a ver outras opções e cheguei a ir a entrevistas. Contudo, as respostas foram sempre negativas, só que na altura não dava tanta importância, pois afinal estava empregada, mesmo estando insatisfeita.
Isto é algo completamente novo para mim, nunca estive assim parada sem ter nada em vista e, sinceramente, começo a "panicar" um pouco. E se ponderei cancelar a inscrição do ginásio por abrir, para reduzir custos, decidi ver um mais em conta e que já esteja a funcionar. Ao menos por duas ou mais horas estou fora de casa e exercito os meus joe…

Monday!

Última semana de Janeiro.  Quem diria que o tempo continua a passar tão rápido e que também prova que a vida dá uma volta em tão pouco tempo? A vida é mesmo inesperada e esperemos que esta segunda-feira, esta semana também nos traga surpresas boas. Afinal, nunca se sabe!