Avançar para o conteúdo principal

Acreditar...

Às vezes é difícil de acreditar que estamos no caminho.
Quando decidi mudar de vida, de deixar o trabalho fixo e aventurar-me no meu próprio negócio, numa cidade nova, talvez, inconscientemente, tenha pensado que ia ser mais fácil por ser, vá, algo inovador nesta terra. Contudo, ainda é mais complicado do que numa grande cidade, já que Cupcakes é algo chinês por estas bandas.
Confesso que no inicio desmotivei-me um pouco, mas arrebitei logo e apostei mais na divulgação, aperfeiçoei técnicas e criei novos produtos, e, felizmente, tem havido cada vez mais adesão.
Porém, isso ainda não me impede que dias mais parados me desmotivei, pois afinal as contas ao fim do mês aparecem para serem pagas e de onde se tira e não se põe, a coisa começa a ser complicada.
Hoje é um desses dias, está tudo calmo, um dia cinzento e mal se vê pessoas na rua, mas para agravar estou com um feeling que andam a fazer obras numa loja abaixo da minha para algo semelhante ao meu espaço.
Quero crer que estou errada e que não vá afectar a minha vida, todavia não vale a pena sofrer por antecipação e toca a lutar mais e mais!

Afinal, isto é o meu sonho!

Comentários

  1. Não penses nisso vais ver que não nao ha de ser nada...Amanha o sol vai brilhar e vais ter clientela :))

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Vai variando... que tal uns crepes? Daqueles que se pode comer na rua? E uns waffles?

    FORÇA!

    ResponderEliminar
  3. E vale sempre lutar por um sonho...força ...vais conseguir!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Identifico-me imenso contigo! Também eu deixei o meu emprego fixo para correr atrás do meu sonho, que ainda não concretizei mas pelo qual estou a trabalhar afincadamente todos os dias! E vou conseguir! Assim como tu vais conseguir manter o teu! Porque, quando queremos muito uma coisa, todo o universo conspira a nosso favor! Eu acredito que sim!

    ResponderEliminar
  5. Como resumiste e bem: "não sofrer por antecipação." - De tudo isto, independentemente do desfecho, há algo que ninguém te tira, o facto de teres conseguido realizar um sonho. ;)

    ResponderEliminar
  6. luta por isso.... vai ser como um dia sonhaste :)

    ResponderEliminar
  7. Se é o teu sonho continua a lutar por ele ;)

    ResponderEliminar
  8. Nada de desesperos, um dia de cada vez! Ânimo!

    ResponderEliminar
  9. Uauu, uma pessoa deixa a blogosfera por uns tempos e quando volta só lê maravilhas :) fico feliz por teres dado esse passo e desejo-te todo o sucesso para a tua loja. Dias cinzentos há-los sempre, mas não desistas*

    Fizeste-me lembrar uma série muito boa que ando a ver... talvez já conheças, mas aqui fica: '2 broke girls'. O sonho delas também é ter uma loja de cupcakes :)

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, não conhecia a série, mas deixaste-me com curiosidade e como tal já estou a sacar!
      Obrigada!

      Beijinho

      Eliminar

Enviar um comentário

Porque o vosso comentário vale mil sorrisos!

Mensagens populares deste blogue

Tempo

Temos pressa do tempo.
Pressa para ir aqui ou acolá.
Pressa para que chegue aquela hora ou aquele dia.
Pressa que o tempo nos cure.
Pressa de tudo e de nada que até nos esquecemos de saborear o que o tempo nos dá enquanto não se apressa.
Eu tenho pressa que o tempo passe, não sou diferente dos outros. E adorava saber ter calma e aproveitar os minutos lentos. Talvez um dia o venha a saber, quem sabe,
Sei que num coração partido, o tempo é o melhor amigo como também nos traz uma impaciência por ser demasiado lento.
Há dias melhores, há dias piores, mas os melhores são sempre aqueles que nos abstraímos do tempo e saboreamos o que a vida nos dá, mesmo sendo nas pequenas coisas.
Portanto, que 2017 me traga a sabedoria para apreciar o que o tempo demora a trazer, para no fim, dar-lhe valor.

E hoje...

...sorrio. Não porque estive contigo, mas porque já não quero estar contigo.
É o fechar de um ciclo.

Trabalhar num Call Center

Sempre disse que não queria trabalhar em Call Center. Nunca tinha trabalhado num, mas os testemunhos que chegavam até mim eram bastantes negativos. Contudo, tinha uma amiga que me "entusiasmou", que me disse que ali era diferente dos outros lados e eu lá decidi mandar o CV.
Fui seleccionada, comecei os dois meses de formação e de facto a coisa não pareceu ser assim tão má, nem mesmo no primeiro mês de trabalho. Porém, comecei a verificar que à medida que ia deixando de ser novata, as pressões iam aumentando. Ou era o tempo que demorava nas chamadas, não podemos alongar muito mais dos 5 minutos (e isto já na loucura), ou o tempo que tens de pausa. O horário também começou a ser desgastante, pois entrava as 16h e saía à 1h, basicamente deixei de ter vida própria. Até que no meio de Dezembro fui presenteada com uma bela otite, daquelas que já não me lembrava ter. Estive quase duas semanas em casa para a curar, ainda a meio da baixa tentei ir, mas apenas aguentei duas horas (q…